O dia em que a Adrenalina virou Endorfina

sábado, 7 de fevereiro de 2009

Até mesmos os fortes fraquejam, já diria a minha avó. E comigo não foi diferente, não que eu seja uma super mulher, mas em matéria de amor, passo batido.

Antes do fim do ano eu fui no cinema movida pela curiosidade. Como sempre fui louca por filmes, logo quando eu vejo um zum-zum-zum em cima de um vou correndo ver. Pois bem, lá fui eu, sozinha ver crepúsculo. Jurei que pelo menos choraria, já que se tratava de uma história de amor. Mas no fim eu realmente me encantei pela história, porém, sem lágrimas.

Uma historinha envolvente, bem mamão com açúcar que qualquer adolescente ama (putz, não sou mais adolescente, oh shit). Viciei no enredo e quando cheguei em casa tratei logo de baixar todos os livros da serie para ler nas férias. Passaria 30 dias no interior do estado sem absolutamente nada para fazer. Em suma, li Lua Nova e Eclipse em uma semana (mais de 400 folhas cada) e o Amanhecer em doses homeopáticas.

Lá pelo meio de amanhecer comecei a me perguntar por que diabos eu era do jeito que sou. Durona, dona de si, sem paixonites. Parecia tão bonito e bom o amor que Edward e Bella sentiam um pelo outro, por que então eu não amolecia e não me deixava envolver por alguém? Simples, orque a minha natureza não permite. Não sei ser uma adolescente descontrolada que vive de amor. E também não sei ser a Endorfina, ela sabe se apaixonar, se envolver, ser amada. Eu??? Hmmmm... eu sei deixar alguém com o seu sangue fervendo, mas só momentaneamente. Nem o meu próprio sangue eu tenho controle, quem dirá de outra pessoa. Sou de momento não de pra sempre.

P.S.: Mas vamos deixar uma coisa bem clara aqui. Se aparecesse o Robert Pattinson (Edward Cullen nos cinemas) EU CASAVA E VIVIA DE AMOR!

8 comentários:

' Sofih disse...

Uhul! Robert Pattinson é tuuuuudo de booom! hhahaha
Ah, a história desses livros são realmente demais!! =D
Beijoos

Camilaaa disse...

Num sou adolescente e gostei do filme... ainda mais do Robert Pattnson!
Hushauhsuahsauhsauh

Beijos

Rejane disse...

Essas coisas acontecem quando a gente menos espera... Pelo menos é isso que todo mundo vive me falando! rs..

Bjos.

Raquel disse...

Tô louca pra ler essa série.

Também não sou mais adolescente, e, como você, tendo a ser bastante durona. Mas admito...

[olhando para os lados]

Um romancezinho em filmes me pega de jeito.

Acho que "de momento" e "para sempre" são questões muito relativas. Nada é para sempre e, por um lado, é bom viver o momento, um dia de cada vez.
=)

Nanita disse...

Eu também me apaixonei pelo filme *.* acabei por comentar com meu namorado ao final do filme que queria ler crepusculo e para a minha sorte dias depois lá me vem ele com os três livros. morri :# e olha que eu não sou muito chegada nessas historias de vamp, mas eu amei *.* e cá entre nos quem nao casaria com o Robert? (6) que meu namorado nao me ousa. hihi.

Denise do Egito disse...

Puxa, estou totalmente por fora. Não li o livro nem vi o filme. nem sei que é Robert Pattinson... Então, vou só deixar um beijo e desejar um excelente finde para as 3 mocinhas
Beijos

Mary West disse...

Eu tiro minha calcinha pela cabeça por ele.

Rosi Br@z disse...

Vamos combinar uma coisa?
Vc fica com o Robert, mas o Taylor e meu!!!

bjos amei

Rosi